quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

MENSAGEM DE ... AMOR


O VALOR DA PERDA

Talvez amanhã...
Quando você sonhar em me querer, eu já tenha encontrado alguém que me queira.
Talvez quando você precisar de mim...
Eu já tenha desistindo de te ajudar.
Quem sabe quando você lembrar que eu exista...
Eu já esteja fora de seu alcance...
E se por acaso...
Você quiser me amar...
Talvez eu transforme esse amor em amizade.
Talvez quando os seus olhos sentirem falta de uma luz...
E você quiser me ver...
Eu já tenha encontrado alguém que me queira...
Tanto quanto eu te quis.
E se depois de tudo isso...
Você ainda não entendeu...
Que eu sofri por você...
Esqueça tudo o que leu e se enquadre somente nestas três palavras...
“VOCÊ ME PERDEU”

- Desconheço a autoria - 


terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

SALMO 70


APRESSA-TE, ó Deus, em me livrar; SENHOR, apressa-te em ajudar-me.
Fiquem envergonhados e confundidos os que procuram a minha alma; voltem para trás e confundam-se os que me desejam mal.
Virem as costas como recompensa da sua vergonha os que dizem: Ah! Ah!
Folguem e alegrem-se em ti todos os que te buscam; e aqueles que amam a tua salvação digam continuamente: Engrandecido seja Deus.
Eu, porém, estou aflito e necessitado; apressa-te por mim, ó Deus. Tu és o meu auxílio e o meu libertador; SENHOR, não te detenhas.


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

MENSAGEM PARA REFLEXÃO




O DESTINO DE CADA UM


Passamos por momentos de plena felicidade em nossa vida. Momentos estes que nos marcam de uma forma surpreendente, e nos transformam, nos comovem, nos ensinam e muitas vezes, nos machucam profundamente. 

As pessoas que entram em nossa vida, sempre entram por alguma razão, algum propósito. Elas nos encontram ou nós as encontramos meio que sem querer, não há programação da hora em que encontraremos estas pessoas. 

Assim, tudo o que podemos pensar é que existe um destino, em que cada um encontra aquilo que é importante para si mesmo. Ainda que a pessoa que entrou em nossa vida, aparentemente, não nos ofereça nada, mas ela não entrou por acaso, não está passando por nós apenas por passar. 
O universo inteiro conspira para que as pessoas se encontrem e resgatem algo com as outras. Discutir o que cada um nos trará, não nos mostrará nada,e ainda nos fará perder tempo demais desperdiçando a oportunidade de conhecer a alma dessas pessoas.

Conhecer a alma significa conhecer o que as pessoas sentem, o que elas realmente desejam de nós, ou o que elas buscam no mundo, pois só assim é que poderemos tê-las por inteiro em nossa vida. 
A amizade é algo que importa muito na vida do ser humano, sem esse vínculo nós não teremos harmonia e nem paz. Precisamos de amigos para nos ensinar, compartilhar, nos conduzir, nos alegrar e também para cumprirmos nossa maior missão na terra: "Amar ao próximo como a si mesmo".

E para que isso aconteça, é preciso que nos aceitemos em primeiro lugar, e depois olhemos para o próximo e enxerguemos o nosso reflexo. 
Essas pessoas entram na nossa vida, às vezes de maneira tão estranha, que nos intrigam até.
Mas cada uma delas é especial, mesmo que o momento seja breve, com certeza elas deixarão alguma coisa para nós. 
Observe a sua vida, comece a recordar todas as pessoas que já passaram por você, e o que cada uma deixou.

Você estará buscando a sua própria identidade, que foi sendo construída aos poucos,de momentos que aconteceram na sua vida,e que até hoje interferem em seu caminho.
Quando sentir que alguém não lhe agrada,dê uma segunda chance de conhece-lo melhor, você poderá ter muitas surpresas cedendo mais uma oportunidade. 
Quando sentir que alguém é especial para você, diga a ele o que sente, e terá feito um momento de felicidade na vida de alguém. 

Não deixe para fazer as coisas amanhã, poderá ser tarde demais.
Faça hoje tudo o que tiver vontade. Abrace o seu amigo, os seus irmãos, os seus filhos. 
Dê um sorriso para todos, até ao seu inimigo. 
Se estiver amando, ame pra valer,viva cada minuto deste amor, sem medir esforços. 
Seja alegre todas a manhãs, mesmo que o dia não prometa nada de novo. Planeje o seu destino! 
Sopre aos ventos os seus sonhos,eles irão se espalhar pelos ares e voltar a você em forma de realidade.

Preste bastante atenção em todas as pessoas, elas poderão estar trazendo a sua tão esperada FELICIDADE. 

(Autor desconhecido)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

AGENDA



 03/03 NA CASA DE SHOWS FORRÓ NA ROÇA, EM CUSTÓDIA – PE:
 BANDA FORRÓ BREGA E VINHO, A PARTIR DAS 22H.




“Bons jovens se preparam para o sucesso. Jovens brilhantes se preparam para as derrotas. Eles sabem que a vida é um contrato de risco e que não há caminhos sem acidentes. Portanto, tem consciência de que ninguém é digno do pódio se não usar suas derrotas para conquistá-lo.”

(Augusto Cury. Filhos brilhantes, alunos fascinantes. Academia. São Paulo, 2007.)


sábado, 25 de fevereiro de 2012

REVERÊNCIA AO DESTINO























Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias.
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez muito errado.

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer sempre a verdade quando for preciso.
E com confiança no que diz.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.
Admitir que nos deixamos levar, mais uma vez, isso é difícil.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?"
Difícil é dizer "adeus", principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida.
Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar, e aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência, acenando o tempo todo, mostrando nossas escolhas erradas.

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta ou querer entender a resposta.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.
Difícil é entregar a alma, sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro.

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém, saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.

Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

MENSAGEM DE ...


Certo dia a lágrima disse ao sorriso: 
- Tenho inveja de ti! Pois você vive sempre feliz!
E o sorriso lhe respondeu: 
Engana-ti, pois a maioria das vezes sou apenas o disfarce, da tua dor!
Por isso, vivo sempre sorrindo! E não importa o motivo... pois a dor muitas vezes destrói um coração, mas um sorriso renova às esperanças.

(Autoria desconhecida)



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

MENSAGEM DE REFLEXÃO


NÃO NASCEMOS SABENDO! AINDA BEM.

Nós, humanos e humanas, somos portadores de um “defeito” natural que acaba por se tornar nossa maior vantagem: não nascemos sabendo!
Por isso, do nascimento ao final da existência individual, aprendemos (e ensinamos) sem parar. O que caracteriza um ser humano é a capacidade de inventar, criar, inovar e isso é resultado do fato de não nascemos já prontos e acabados.
Aprender sempre é o que mais impede que nos tornemos prisioneiros de situações que, por serem inéditas, não saberíamos enfrentar.
Aqueles entre nós que imaginarem que nada mais precisam aprender ou, pior ainda, não tem mais idade para aprender, então-se enclausurando dentro de um limite que desumaniza e, ao mesmo tempo, torna frágil a principal habilidade humana: a audácia de escapar daquilo que parece não ter saída.
A educação é virgorosa quando dá sentido grupal às ações individuais, isto é, quando se coloca a serviço das finalidades e intenções de um grupo ou uma sociedade; uma educação que serva apenas ao âmbito individual perde impulso na estruturação da vida coletiva, pois, afinal de contas, ser humano é ser junto, e aquilo que aprendemos e ensinamos tem de ter como meta principal tornar a comunidade na qual vivemos mais apta e fortalecida.
Competência é, nos tempos atuais, uma condição coletiva. Até algum ttempo atrás, a competência era entendida como algo individual, a tal ponto que se falava que “a minha competência acaba quando começa a do outro”.
Agora, tendo em vista a interdependência existente, por exemplo, no Mundo do Trabalho, é preciso pensar que “a minha competência acaba quando acaba a do outro”; em outras palavras, em um grupo, equipe ou organização, se alguém perde ou diminui a sua competência, todos no grupo a perdem ou diminuem.
O desenvolvimento da competência coletiva é, hoje, o fator diferencial que expressa a inteligência das pessoas e dos grupos.
Quem não estiver aberto a mudanças e comprometido com questões de novos aprendizados estará fadado ao insucesso profissional e pessoal.
Vale lembrar a frase do fictício detetive chinês Charlie Chan: “MENTE HUMANA É COMO PARA-QUEDAS; FUNCIONA MELHOR ABERTA”.

(Mário Sérgio Cortella. Jornal A Tarde, 03/06/2001)

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

PARA REFLETIR

O VESTIDINHO AZUL

Num bairro pobre de uma cidade distante, morava uma garotinha muito bonita. Ela frequentava a escola local. Sua mãe não tinha muito cuidado, e a criança quase sempre se apresentava suja. Suas roupas eram muito velhas e maltratadas. 

O professor ficou penalizado com a situação da menina. "Como é que uma menina tão bonita, pode vir para a escola tão malarrumada? "Separou algum dinheiro do seu salário e, embora com dificuldade, resolveu comprar-lhe um vestido novo. Ela ficou linda no vestido azul. 

Quando a mãe viu a filha naquele lindo traje, sentiu que era lamentável que sua filha, vestindo aquela roupa nova, fosse tão suja para a escola. 

Por isso, passou a lhe dar banho todos os dias, pentear seus cabelos e cortar suas unhas. Quando acabou a semana, o pai falou: - Mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços? Que tal você ajeitar a casa? Nas horas vagas, eu vou dar uma pintura nas paredes, consertar a cerca e plantar um jardim. 

Logo, a casa destacava-se na pequena vila pela beleza das flores que enchiam o jardim, e o cuidado em todos os detalhes. 

Os vizinhos ficaram envergonhados por morarem em barracos feios e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores, usar pintura e criatividade. Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado. 

Um homem, que acompanhava os esforços e as lutas daquela gente, pensou que eles bem mereciam um auxílio das autoridades. Foi ao prefeito expor suas idéias e saiu de lá com autorização para formar uma comissão para estudar os melhoramentos que seriam necessários ao bairro. 
A rua de barro e lama foi substituída por asfalto e calçadas de pedra. Os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania. E tudo começou com um vestido azul. 

Não era intenção daquele professor consertar toda a rua, nem criar um organismo que socorresse o bairro. Ele fez o que podia, fez a sua parte. Fez o primeiro movimento que acabou fazendo com que outras pessoas motivassem-se por melhorias. 

Será que cada um de nós está fazendo a sua parte no lugar que vive? Ou por acaso somos daqueles que somente apontam os buracos da rua, as crianças à solta sem escola e a violência do trânsito? 

Lembremos que é difícil mudar o estado total das coisas. Que é difícil limpar toda a rua, mas é fácil varrer a nossa calçada. É complicado mudar o mundo, mas é possível plantar uma rosa azul. 

Há moedas de amor que valem mais do que os tesouros bancários, quando endereçadas no momento próprio e com bondade. Você acaba de receber um lindo vestido azul. Faça a sua parte. Ajude a melhorar o PLANETA! 

 Autor Desconhecido

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

SALMO 7



   SENHOR meu Deus, em ti confio; salva-me de todos os que me perseguem, e livra-me; 
  Para que ele não arrebate a minha alma, como leão, despedaçando-a, sem que haja quem a livre.  
  SENHOR meu Deus, se eu fiz isto, se há perversidade nas minhas mãos, 
  Se paguei com o mal àquele que tinha paz comigo (antes, livrei ao que me oprimia sem causa), 
  Persiga o inimigo a minha alma e alcance-a; calque aos pés a minha vida sobre a terra, e reduza a pó a minha glória. (Selá.) 
  Levanta-te, SENHOR, na tua ira; exalta-te por causa do furor dos meus opressores; e desperta por mim para o juízo que ordenaste. Assim te rodeará o ajuntamento de povos; por causa deles, pois, volta-te para as alturas. 
  O SENHOR julgará os povos; julga-me, SENHOR, conforme a minha justiça, e conforme a integridade que há em mim. 
  Tenha já fim a malícia dos ímpios; mas estabeleça-se o justo; pois tu, ó justo Deus, provas os corações e os rins. 
  O meu escudo é de Deus, que salva os retos de coração. 
  Deus é juiz justo, um Deus que se ira todos os dias. 
  Se o homem não se converter, Deus afiará a sua espada; já tem armado o seu arco, e está aparelhado. 
  E já para ele preparou armas mortais; e porá em ação as suas setas inflamadas contra os perseguidores. 
  Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. 
  Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. 
  A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça. 
  Eu louvarei ao SENHOR segundo a sua justiça, e cantarei louvores ao nome do SENHOR altíssimo.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

ESCRITORES BRASILEIROS - IV


MÁRIO DE ANDRADE - Considerado por muitos estudiosos a figura mais importante e lúcida do Movimento Modernista, Mário Raul Morais de Andrade nasceu em São Paulo em 1893 e aí faleceu em 1945, sendo essa cidade tema e cenário constante da sua obra. Foi crítico de arte, professor de música e trabalhou em departamentos culturais de São Paulo. Figura importantíssima do Mordenismo (foi organizador e palestrante da Semana de Arte Moderna), publicou a primeira obra consagrada ao movimento: Paulicéia Desvairada (1922). Sua inflente obra compõe-se de Há uma gota de sangue em cada poema (1917), Paulicéia Desvairada (1922), Losango Cáqui (1926),Clã do Jabuti (1927), Remate de Males (1930), Poesias (1941), Lira Paulistana (1946), O Carro da Miséria (1946), poesias: Primeiro Andar (1926), Belasarte (1934), Contos Novos (1927), Macunaíma (1928), romance.

SUGESTÃO DE LEITURA -  MACUNAÍMA:

Macunaíma nasceu numa tribo amazônica. Lá passa sua infância, mas não é uma criança igual as outras do lugar. É um menino mentiroso, traidor, pratica muitas safadezas, fala muitos palavrões, além de ser extremamente preguiçoso. Tem dois irmãos, Maanape e Jiguê. Vai vivendo assim a sua meninice. Cresce e se apaixona pela índia Ci, A Mãe do Mato, seu único amor, que lhe deu um filho, um menino morto. Depois da morte de sua mulher, Macunaíma perde um amuleto que um dia ela havia lhe dado de presente, era a pedra "muiraquitã". Fica desesperado com esta perda, até que descobre que a sua muiraquitã havia sido levada por um mascate peruano, Vesceslau Pietra, o gigante Piamã, que morava em São Paulo. Depois da descoberta do destino de sua pedra, Macunaíma e seus irmãos resolvem ir atrás dela para recuperá-la. Piamã era o famoso comedor de gente, mas mesmo assim ele vai atrás de sua pedra. A história, a partir daí, começa a discorrer contando as aventuras de Macunaíma na tentativa de reaver a sua "muiraquitã" que fora roubada pelo Piamã, um comerciante. Após conseguir a pedra, Macunaíma regressa para a sua tribo, onde após uma série de aventuras finais, finalizando novamente na perda de sua pedra. Então, ele desanima, pois sem o seu talismã, que, no fundo, é o seu próprio ideal, o herói reconhece a inutilidade de continuar a sua procura, se transforma na constelação Ursa Maior, que para ele, significava se transformar em nada que servisse aos homens, por isso, vai parar no campo vasto do céu, sem dar calor nem vida a ninguém.

AS PLANTAS DA HORTA E A SUA SAÚDE - IV


COUVE: Possui um elemento especial que atua nas úlceras do estômago. Riquíssima em vitamina C e ferro é alimento anticancerígeno e protetor contra vírus.
COUVE-FLOR: Rica em magnésio, potássio, silício e manganês, é mineralizadora, servindo também para favorecer o sistema nervoso.
CHUCHU: As folhas tenras e o broto do chuchuzeiro podem ser usados em salada. São calmantes e refrescantes. O fruto é muito útil em casos de obesidade, pressão alta e debilidade do estômago.

CARNAVAL



O carnaval é considerado uma das festas populares mais animadas e representativas do mundo. Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade. Este sentido permanece até os dias de hoje no Carnaval.
O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França, o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem européia.
No Brasil, no final do século XIX, começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos "corsos". Estes últimos, tornaram-se mais populares no começo dos séculos XX. As pessoas se fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades. Está ai a origem dos carros alegóricos, típicos das escolas de samba atuais.
No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular. Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas. As músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado.
A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se Deixa Falar. Foi criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar transformou-se na escola de samba Estácio de Sá. A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar qual escola de samba era mais bonita e animada.
O carnaval do Rio de Janeiro está no Guinness Book como o maior carnaval do mundo. Em 1995, o Guinness Book declarou o Galo da Madrugada, da cidade do Recife, como o maior bloco de carnaval do mundo.

domingo, 19 de fevereiro de 2012

NÓS SOMOS ÁGUIAS



“Era uma vez um camponês que foi à floresta vizinha apanhar um pássaro para mantê-lo cativo em sua casa. Conseguiu pegar um filhote de águia. Colocou-o no galinheiro junto com as galinhas. Comia milho e ração própria para galinhas. Embora a águia fosse o rei/rainha de todos os pássaros.
Depois de cinco anos, esse homem recebeu em sua casa a visita de um naturalista. Enquanto passeavam pelo jardim, disse o naturalista:
- Esse pássaro aí não é uma galinha. É uma águia.
- De fato – disse o camponês. É águia. Mas eu a criei cimo galinha. Ela não é mais uma águia. Transformou-se em galinha como as outras, apesar das asas de quase três metros de extensão.
- Não – retrucou o naturalista. Ela é e será sempre uma águia. Pois tem um coração de águia. Este coração a fará um dia voar às alturas.
- Não, não – insistiu o camponês. Ela virou galinha e jamais voará como águia.
Então decidiram fazer uma prova. O naturalista tomou a águia, ergueu-a bem alto e desafiando-a disse:
– Já que de fato você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, então abra suas asas e voe!
A águia pousou sobre o braço estendido do naturalista. Olhava distraidamente ao redor. Viu as galinhas lá embaixo, ciscando grãos. E pulou para junto delas.
O camponês comentou:
– Eu lhe disse, ela virou uma simples galinha!
– Não – tornou a insistir o naturalista. Ela é uma águia. E uma águia será sempre uma águia. Vamos experimentar novamente amanhã.
No dia seguinte, o naturalista subiu com a águia no teto da casa. Sussurou-lhe:
– Águia, já que você é uma águia, abra suas asas e voe!
Mas quando a águia viu lá embaixo as galinhas, ciscando o chão, pulou e foi para junto delas.
O camponês sorriu e voltou à carga:
– Eu lhe havia dito, ela virou galinha!
– Não – respondeu firmemente o naturalista. Ela é águia, possuirá sempre um coração de águia. Vamos experimentar ainda uma última vez. Amanhã a farei voar.
No dia seguinte, o naturalista e o camponês levantaram bem cedo. Pegaram a águia, levaram-na para fora da cidade, longe das casas dos homens, no alto de uma montanha. O sol nascente dourava os picos das montanhas.
O naturalista ergueu a águia para o alto e ordenou-lhe:
– Águia, já que você é uma águia, já que você pertence ao céu e não à terra, abra as suas asas e voe!
A águia olhou ao redor. Tremia como se experimentasse nova vida. Mas não voou. Então o naturalista segurou-a firmemente, bem na direção do sol, para que seus olhos pudessem encher-se da claridade solar e da vastidão do horizonte.
Nesse momento, ela abriu suas potentes asas, grasnou com o típico kau-kau das águias e ergueu-se soberana, sobre si mesma. E começou a voar, a voar para o alto, a voar cada vez para mais alto. Voou… voou… até confundir-se com o azul do firmamento…”
E Aggrey terminou conclamando:
- Irmãos e irmãs, meus compatriotas! Nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus! Mas houve pessoas que nos fizeram pensar como galinhas. E muitos de nós ainda acham que somos efetivamente galinhas. Mas nós somos águias. Jamais nos contentemos com os grãos que nos jogarem aos pés para ciscar.
(LEONARDO BOFF E JAMES AGGREY)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

PARA REFLETIR



Sempre é tempo de recomeçar. 
Em qualquer situação podemos abrir novas portas, 
conhecer novos lugares, novas pessoas, ter outros sonhos. 
Renovar o nosso compromisso com a vida e assim, 
renascer para a vida e alcançar a felicidade. 
Não importa quem te feriu, o importante é que você ficou.
Não interessa o que te faltou, tudo pode ser conquistado.
Não se ligue em quem te traiu, você foi fiel.
Não se lamente por quem se foi, cada um tem seu tempo.
Não reclame da dor, ela é a conselheira que nos chama de volta ao caminho.
Não se espante com as pessoas, cada um carrega dentro de si, 
dores e marcas que alteram o seu comportamento, 
ora estamos felizes e transbordamos de alegria e paz,
ora estamos melancólicos e só queremos ficar sozinhos...
O mundo está cheio de novas oportunidades, 
basta olhar para a terra depois da chuva.
Veja quantas plantinhas estão surgindo, 
como o verde se espalha mais bonito e forte depois da tempestade.

- Autoria desconhecida - 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

O PODER DE UM SORRISO


Havia um menino que queria se encontrar com Deus. Ele sabia que tinha um longo caminho pela frente, portanto encheu a mochila com pasteis e guaraná, e começou sua caminhada. Depois de andar umas três quadras, encontrou um velhinho sentando em um banco da praça, olhando os pássaros.
O menino sentou-se junto a ele, abriu a mochila, e ia tomar um gole de guaraná, quando olhou para o velhinho e percebeu que ele estava com fome. Então lhe ofereceu um pastel. O velhinho muito agradecido aceitou e sorriu ao menino. Seu sorriso era tão incrível que o menino quis ver de novo. Ofereceu seu guaraná. Mais uma vez o velhinho sorriu ao menino.
O menino estava tão feliz!
Ficaram sentados ali sorrindo, comendo pastel e bebendo guaraná pelo resto da tarde, sem falarem um com o outro. Quando começou a escurecer, o menino estava cansado, e resolveu voltar para casa. Mas antes de sair ele se voltou e deu um grande abraço no velhinho. O velhinho deu-lhe o maior sorriso que o menino já havia recebido.
Quando o menino entrou em casa, sua mãe surpresa perguntou-lhe, ao ver a felicidade estampada em sua face: "O que você fez hoje que o deixou tão feliz?" E ele respondeu: "Passei a tarde com Deus". E acrescentou: "Você sabe, ele tem o mais lindo sorriso que eu jamais vi."
Enquanto isso, o velhinho chegou em casa com um sorriso radiante na face, e seu filho perguntou: "Por onde você esteve e por que está tão feliz?" E ele respondeu: "Comi pastéis e tomei guaraná no parque com Deus". Antes que seu filho pudesse dizer algo, falou: "Você sabe que ele é bem mais jovem do que eu pensava?"
Nunca subestime a força de um sorriso, o poder de uma palavra, de um ouvido para ouvir, um elogio honesto, ou até o menor ato de carinho. Tudo isso tem o potencial de fazer mudar uma vida.
- desconheço o autor -


AGENDA CARNAVALESCA II - 2012


BUÍQUE - PE:


ARCOVERDE - PE:

TUPARETAMA - PE:

AFOGADOS DA INGAZEIRA - PE:
Carnaval 2012 de Afogados da Ingazeira. Com o tema "Frevo e Baião no Centenário de Gonzagão", a programação começa na sexta-feira, dia 17 e vai até a terça-feira, dia 21.

Sexta-feira (17/02/2012)
18h – Bloco da Secretaria Municipal de Saúde – Av. Rio Branco
20h- Bloco do Povão - Av. Rio Branco-(Marcos som e Dj Braw)

Sábado (18/02/12)
12h – Bloco Asa no Frevo- concentração restaurante O Visual; saída às 17h com a Orquestra Anos Dourados pelas ruas da cidade até o Rancho do Magnata
16h – Bloco das Virgens – Concentração na Rua Pedro Pires, n° 278, no Atelier de Luciano Pires, com saída às 19:30h sentido 1º Jardim no Polo Rio Branco
19h – Abertura Oficial do Carnaval 2012 no Polo Rio Branco – Concentração no 1º Jardim com a descida de troças, Burrinhas, Tabaqueiros, Bloco das Virgens e foliões, com a Orquestra Show de Frevo até o Polo Frevo, na Praça de Alimentação
21h – Polo Frevo – Show com a Orquestra Show de Frevo
19h - Polo Rio Branco - Bloco do Povão - (Marcos Som e Dj Shock)
22h - Polo Rio Branco- Bloco A Onda (Swing Dang)

Domingo (19/02/12)
08h - Bloco Os Bate Sola - Concentração 1º Jardim da Av. Rio Branco, com destino ao Bairro Sobreira
08:30h – Bloco das Virgens do Bairro COHAB/Sobreira – Concentração na Rua Pedro Francisco Belo, cruzamento com a Berta Celli Lemos, e descida até o Campo de Futebol Cohabão
11h - Bloco Chupa Litro com Banho de Bica, na Vila pitombeira, nº 200
12h - Bloco Zé Negão no Império Shows (DJ Tony)
12h - Bloco Chupa Litro no Império Shows
12h - Polo Todos os Corações (Bar de Dona Diná - Bode Assado) – Bloco Leão do Norte com saída as 16:30h pelas principais avenidas da cidade
14h - Jegue Elétrico - Concentração pátio da Igreja São Sebastiao com saída as 16h pelas principais avenidas da cidade e encerramento com a Banda Beijo Quente
15h - Bloco Cazá Cazá - Concentração no Bar do Nena, saída ás 17h com a Orquestra Show de Frevo
16:30h - Polo Rio Branco: Bloco Infantil Unidunitê - Concentração no 1º Jardim da Av. Rio Branco, saída às 17:30h até Praça de Alimentação
19h – Polo Rio Branco: Bloco do Povão - Desfile de Tabaqueiros, após Marcos Som e Dj Braw
19h – Polo do Frevo: Desfile Infantil e seguida Orquestra Show de Frevo
22h – Polo Rio Branco: Bloco A Onda (Arreio de Ouro)

Segunda-feira (20/02/2012)
12h - Polo Todos os Corações (Bar de Dona Diná) – Concentração Bloco Tô na Folia, saída às 16h com Orquestra Show de Frevo até Pólo Rio Branco.
16h – Bloco Chupa Litro - Concentração na Vila Pitombeira, n° 200, saída em arrastão para o Polo Rio Branco
16:30h – Polo Rio Branco: Bloco Tô na Folia, descida Av. Rio Branco com Trio Elétrico e a Turma do Pinguim
19h - Polo Rio Branco: Bloco do Povão (Dj Shock)
19h – Polo do Frevo: Desfile dos Tabaqueiros e em seguida Orquestra Show de Frevo
22h – Polo Rio Branco: Bloco A Onda (Nakana)

Terça-feira (21/02/2012)
11h – Bloco Chupa Litro – Encerramento em Djalma Bar com banho de bica
12h – Bloco Asa No Frevo – Concentração na AABB com a Orquestra Anos Dourados
12h - Bloco Foliões da Sorte - Concentração na Av. Manoel Borba, desfilando pelas ruas com paredões de som e retornando à Av. Manoel Borba (Nas mediações das Casas KM)
12h - Bloco Sobre folia, tá na folia - Concentração Bar Boi na Brasa, saída às 17h para o 1º Jardim da Av. Rio Branco
13h - Polo Todos os Corações (Bar de Dona Diná): Concentração Bloco A Cobra vai
16h – Bloco Nação no Frevo – Concentração restaurante Cantinho Nordestino, saída às 17h sentido Av Rio Branco
17:30h – Polo Todos os Corações (Bar de Dona Diná): Bloco A Cobra Vai Subir – Descida acompanhada pela Orquestra Show de Frevo até o 1º Jardim no Polo Rio Branco
18h - Polo Rio Branco: Bloco A Cobra Vai Subir – Descida acompanhada pelo Trio Elétrico e Banda Vizzú
19h – Polo Rio Branco: Bloco do Povão (Marcos Som, Dj Braw e Dj Shock)
19h – Polo do Frevo: Desfile das Virgens e em seguida Orquestra Show de Frevo
22h– Polo Rio Branco: Bloco A Onda – (Uz Frajola`s)

MARAVILHA, POVOADO DE CUSTÓDIA - PE:
No dia 19 e 21 com a Banda André Vieira Elétrico com repertório de carnaval, na Casa de Show Edinho Dance em Maravilha, povoado de Custódia – PE.
Estreia do Bloco MARAFOLIA ano 1, no dia 19 saíndo da Casa de Show Edinho Dance com o arrastão pelas Ruas de Maravilha e fechando o bloco na Terça dia 21 encerrando o Bloco a parti das 13:00 na Casa de Show Edinho Dance.

ÁGUAS BELAS - PE:
Palco: Praça Nossa Senhora da Conceição
Cortejos: Academia das Cidades – Praça Nossa Senhora da Conceição
Quarta (15)
Cortejos
16h - Maracatu Baque Virado Encanto da Alegria e Palhaços Gigantes de Pernambuco
Quinta (16)
Cortejos
16h - Afoxé Povo de Ogunté e Clube de Boneco Seu Pedro
Sexta (17)
Cortejos
16h - Maracatu Nação Porto Rico e Caboclinhos Canindé de São Lourenço
Sábado (18)
Cortejos
16h – Orquestra Máscara Negra e Orquestra Juventude Dourada
Shows
18h – Orquestra Saraiva
19h - Luciano Magno
20h – Munguzá de Zuza Miranda
22h – João Do Morro
Domingo (19)
Cortejos
16h – Orquestra Juventude Dourada e Orquestra Suíça Pernambucana
Shows
20h – Asas da América
21h30 – Sevy Nascimento
22h – Família Salustiano
23h – Sandra de Sá
Segunda (20)
Cortejos
16h - Orquestra Máscara Negra e Orquestra Suíça Pernambucana
Shows
19h – Marrom Brasileiro
20h – Rogerman e Ska Maria Pastora
21h – Fafá de Belém
22h – Spok Frevo Orquestra
Terça (21)
Shows
19h – Afoxé Alafin Oyó
20h – Orquestra Tangarás
21h – Nádia Maia


PEDRA - PE:
Sábado, 18/02 às 18h
Zé Pereira
Bloco das Virgens
Banda Bicho do Mato
Domingo, 19/02 às 14h
Banda Garota Bronzeada
Boyzinhos do Arrocha
Segunda, 20/02 às 14h
Internautas Elétrico
Banda Mesclagem
Terça, 21/02 às 14h
Banda Night Blue
Pisada de Bakana
Todos os shows serão realizados na Praça Coronel José Diniz, no centro de Pedra.


TUPANATINGA - PE:
Sábado, dia 18:
Orquestra de Frevo, Renne & a Galera e Vilões Elétrico;  
Domingo, dia 19:
Orquestra de Frevo, Banda Vizzú e Acadêmicos da Bahia;
Segunda, dia 20:
Orquestra de Frevo, Garota Bronzeada Elétrico, Banda Ogiva e Bonde do Maluco;
Terça, dia 21:
Orquestra de Frevo, Banda do Swing, O Rodo da Bahia e Banda Voa Voa.