segunda-feira, 18 de março de 2013

ESPAÇO DA POETISA SILMARA FEITOSA: ROSA MENINA



ROSA MENINA 

Inquietante menina aflita,
Dentre as rosas 
És mais bonita
Cantarolando
Pelas ruas passas
Até as mais belas
Perdem a graça
Linda menina 
Tão delicada
De pés descalços
Pelas calçadas
Traz alegria 
No seu vem e vai
Com borboletas
Brincando sai
Pequenos braços
Parecem asas
Fez dos jardins
A sua casa
Viver sem teto
Foi sua sina
Tão inquieta, 
ROSA menina.
(SILMARA FEITOSA)