domingo, 23 de junho de 2013

ESPAÇO DA POETISA SILMARA FEITOSA: BUSCANDO O MEU EU



BUSCANDO O MEU EU

Posso perceber-me tua
Posso sentir-te meu
Num enlevo profundo
vida num segundo
Busquei o meu Eu
Bem aventurado és tu
Árvore que me ampara
Que aquece minha’lma
Na mais intensa tempestade
Altera-me, e me acalma
Bem aventurado és, perianto meu
Que me envolve, e me extasia
Nas minhas noites, insones e frias
Alucinando o meu Eu
Chegastes a mim insigne Ser
Extirpando os meus medos, meus mitos
Expandindo meus gritos
Reluzindo meu viver...
(SILMARA FEITOSA)