sexta-feira, 5 de julho de 2013

HUMOR: “CARBONO PARA PLANEJAMENTO”



“CARBONO PARA PLANEJAMENTO”

- Alô, é da casa de D. Mariazinha?
- Sim, com quem deseja falar?
- Com a própria. Aqui é Carmen, lá da mesma escola onde ela trabalha.
- Pode falar Carmen, aqui quem fala é Mariazinha.
- Mas que ótimo te pegar em casa. É sobre o maldito planejamento do ensino. Eu nem sei por onde começar e o meu diretor que essa coisa para amanhã cedo.
- Olha: pegue o mesmo do ano passado. Muda uma ou duas sentenças e entregue. Todo mundo faz isso.
Só que eu comecei a lecionar esse ano, sabe? E a outra professora que eu substitui nem tinha plano. Da pra você me ajudar?
- Eu aqui em casa só tenho a minha cópia carbono. Acho que ela não dá xerox – está meio apagada...
- Cópia carbono?
- Lá na escola quem faz plano é a D. Chiquinha. Ela datilografa as cópias com carbono para facilitar. Imagine se eu vou perder tempo com isso. O diretor nem verifica, ele pega, dá uma olhada por cima e tranca na gaveta.
- É mesmo é? E você tem por acaso o telefone de D. Chiquinha? Vou nessa também!
- Deixa eu ver... Aqui está 223-8166. Só que ela cobra, viu?
- Cobra quanto?
- Serviço profissional, minha filha. Ou você acha que a colega ia trabalhar de graça? Já basta a exploração do governo. E com essa inflação, não sei o preço atual do plano. Mas vale, viu? Vem com capa e bem datilografado. Máquina elétrica e tudo... Nem precisa revisar...
- Obrigado pela recomendação. Vou ligar agora mesmo para a casa dela pra encomendar. Um abraço, tá!
- Só mais um conselho antes de desligar: guarda uma cópia com você. Assim no ano que vem você não precisa tirar dinheiro do bolso de novo. É isso aí, tchau!

Referência: Ezequiel Theodoro da Silva. Magistério e mediocridade. 5.ed. São Paulo: Cortez, 2001. pp. 35 e 36.