quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

PERNAMBUCANO ARRETADO: BEZERRA DA SILVA


José Bezerra da Silva nasceu no Recife no dia 23 de fevereiro de 1927 e faleceu no Rio de Janeiro no dia 17 de janeiro de 2005 foi um cantor, compositor, violonista, percussionista e intérprete brasileiro dos gêneros musical coco e samba, em especial de partido-alto.
Foi de Pernambuco para o Rio de Janeiro aos 15 anos escondido em um navio, e lá ficou trabalhando na construção civil. Tocava percussão desde criança e logo entrou em um bloco carnavalesco, onde um dos componentes o levou para a Rádio Clube do Brasil, em 1950. A partir daí passou a atuar como compositor, instrumentista e cantor, gravando seu primeiro compacto e 1969 e o primeiro LP seis anos depois. Inicialmente gravou cocos sem sucesso. Mas a partir da série Partido Alto Nota 10 começou a encontrar seu público. O repertório de seus discos passou a ser abastecido por autores anônimos (alguns usando codinomes para preservar a clandestinidade) e Bezerra notabilizou-se por um estilo "sambandido", precursor mesmo do "gangsta rap" norte-americano. Antes do hip hop brasileiro, ele passou a transmitir do outro lado da trincheira da guerra civil não declarada: "Malandragem Dá um Tempo", "Sequestraram Minha Sogra", "Defunto Caguete", "Bicho Feroz", "Overdose de Cocada", "Malandro Não Vacila", "Meu Pirão Primeiro", "Lugar Macabro", "Piranha", "Pai Véio 171", "Candidato Caô Caô". Em 1995 gravou pela Sony "Moreira da Silva, Bezerra da Silva e Dicró: Os Três Malandros In Concert", uma paródia ao show dos três tenores, Pavarotti, Domingo e Carreras. O sambista virou livro em 1998, com "Bezerra da Silva - Produto do Morro", de Letícia Vianna.

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

NOSSA LÍNGUA... DE FORMA CORRETA: SENÃO E SE NÃO

Senão e se não
“Senão” tem sentido equivalente a “caso contrário” ou a “não ser”: 
É bom que se apresse, senão poderá chegar atrasado.
“Se não” se emprega a orações subordinadas condicionais, equivalendo-se a “caso não”:
Se não chover iremos ao passeio.

HUMOR: NOVA REVISÃO GRAMATICAL

NOVA REVISÃO GRAMATICAL

ABREVIATURA - ato de se abrir um carro de polícia;
BARBICHA - boteco para gays;
CÁLICE - ordem para ficar calado;
CAMINHÃO - estrada muito grande;
CATÁLOGO - ato de se apanhar coisas rapidamente; 
COMBUSTÃO - mulher com peito grande;
DESTILADO - aquilo que não está do lado de lá; 
DETERGENTE - ato de prender indivíduos suspeitos; 
DETERMINA - prender uma garota; 
ESFERA - animal feroz amansado;
HOMOSSEXUAL - sabão utilizado para lavar as partes íntimas; 
NOVAMENTE - diz-se de indivíduos que renovam sua maneira de pensar;
QUARTZO - partze ou aposentzo de um apartamentzo;
RAZÃO - lago muito extenso, porém pouco profundo; 
SEXÓLOGO - sexo apressado;
SIMPATIA - concordando com a irmã da mãe; 
TALENTO - característica de alguma coisa devagar;
UNÇÃO - erro de concordância muito frequente (o correto seria ' um é')
VOLÁTIL - sobrinho avisando ao tio onde vai.

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

MENSAGEM DE AMOR: RECEITA DE AMOR


Receita de Amor
Qual seria o melhor modo de ama?
De que maneira cultivar as emoções?
Sob o cansaço de minhas desilusões,
Uma receita de amor eu fui buscar.
Em que consiste o amor certo, ideal?...
Na poesia, as respostas procurei,
Meus baús de antigos casos revirei,
Pra concluir que deve ser essencial,
Infinito, muito forte – em grandeza -,
Impecável, raro e doce – em pureza -,
Exemplar, baseado em lealdade,
Gerar desejo, eterna fonte de paixão,
Nau serena em mares de compreensão,
A flutuar em ondas de felicidades...

(Oriza Martins)

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

MENSAGEM DE REFLEXÃO: DENTRO DE VOCÊ

DENTRO DE VOCÊ
E se eu disser que dentro de você mora um anjo que se reveste de luz para fazer novos amigos?
E se eu disser que dentro de você existe uma paz infinita que o torna tão amigo e querido?
E se eu disser que dentro de você existe luz e que essa luz apaga a inveja, a discórdia e a guerra?
E se eu disser que dentro de você existe um cupido que espalha amor e que flecha meu coração?
E se eu disser que você é iluminado pelas estrelas e seus olhos parecem reflexo dessa luz?
E se eu disser que você é divinamente concebido e tem dentro de si tudo o que precisa para viver?
E se eu disser que dentro de você existe uma fera que sabe lutar e defender os seus?
E se eu disser que dentro de você habita uma chama que é capaz de incendiar uma cidade? 
E se eu disser que dentro de você mora um inventor capaz de criar mil maneiras de fazer a mesma coisa? 
E se eu disser que dentro de você existe um construtor que é capaz de criar novos caminhos?
E se eu disser que dentro de você existe um elo de corrente que o liga ao sobrenatural tão facilmente? 
E se eu disser que você é um deus, e que possui a chave da vida eterna... 
Da alegria que não acaba, dos sonhos que se realizam, da saúde que se perpetua, dos amigos que nunca o esquecem! 
Da saudade gostosa, do desejo que realiza, do prazer da vida? 
Você é a própria luz. 
Acredite nisso e brilhe, por amor a você e a quem o criou. 
Construa, viva, conquiste, não aceite as derrotas, os "nãos”! 
O impossível é apenas uma força te convidando para realizar. Acredite. 
Dentro de você existe um universo em permanente construção.

(Paulo Roberto Gaefke)

CONFIRA AS ATRAÇÕES PRINCIPAIS DA FESTA DE MARÇO 2014


São as principais atrações da tradicional festa de março 2014: Banda Arreio de Ouro, Forró Pegado, Banda Calypso, Gabriel Diniz e Edson Gomes.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

FRASE DA SEMANA: COVARDIA


Covardia 

A maior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher sem ter a intenção de amá-la.
(Bob Marley)

SALMO 88


1. SENHOR Deus da minha salvação, diante de ti tenho clamado de dia e de noite.
2. Chegue a minha oração perante a tua face, inclina os teus ouvidos ao meu clamor;
3. Porque a minha alma está cheia de angústia, e a minha vida se aproxima da sepultura.
4. Estou contado com aqueles que descem ao abismo; estou como homem sem forças,
5. Livre entre os mortos, como os feridos de morte que jazem na sepultura, dos quais te não lembras mais, e estão cortados da tua mão.
6. Puseste-me no abismo mais profundo, em trevas e nas profundezas.
7. Sobre mim pesa o teu furor; tu me afligiste com todas as tuas ondas. (Selá.)
8. Alongaste de mim os meus conhecidos, puseste-me em extrema abominação para com eles. Estou fechado, e não posso sair.
9. A minha vista desmaia por causa da aflição. SENHOR, tenho clamado a ti todo o dia, tenho estendido para ti as minhas mãos.
10. Mostrarás, tu, maravilhas aos mortos, ou os mortos se levantarão e te louvarão? (Selá.)
11. Será anunciada a tua benignidade na sepultura, ou a tua fidelidade na perdição?
12. Saber-se-ão as tuas maravilhas nas trevas, e a tua justiça na terra do esquecimento?
13. Eu, porém, SENHOR, tenho clamado a ti, e de madrugada te esperará a minha oração.
14. SENHOR, porque rejeitas a minha alma? Por que escondes de mim a tua face?
15. Estou aflito, e prestes tenho estado a morrer desde a minha mocidade; enquanto sofro os teus terrores, estou perturbado.
16. A tua ardente indignação sobre mim vai passando; os teus terrores me têm retalhado.
17. Eles me rodeiam todo o dia como água; eles juntos me sitiam.
18. Desviaste para longe de mim amigos e companheiros, e os meus conhecidos estão em trevas.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

AGENDA: TUPARETAMA, ARCOVERDE, SERRA TALHADA, IBIMIRIM, POÇÃO, BUÍQUE, MONTEIRO, CAMALAÚ, INGAZEIRA, OLINDA, CUSTÓDIA, PEDRA, SOLIDÃO, CARNAÍBA, AFOGADOS DA INGAZEIRA, SERTÂNIA, SÃO JOSÉ DO EGITO, CAMPINA GRANDE E TABIRA

Em Tuparetama - PE



Em Ibimirim - PE









Em Serra Talhada - PE


Em Ingazeira - PE



Em Custódia - PE

Em Custódia - PE


Em Serra Talhada - PE

Em Arcoverde - PE


Em Pedra - PE


Em Carnaíba - PE


De 28/02 a 04/03, todos os dias as 14h


Em Buíque - PE




Em São José do Egito - PE

Em Campina Grande - PB, nos dias 21,22 e 23 de março

No Batukão, em Serra Talhada - PE



sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

ESPAÇO DA POETISA SILMARA FEITOSA: MAIS UMA VEZ



MAIS UMA VEZ

J.A...As cicatrizes do tempo nos dizem o quanto somos fortes
S.F...Se as cicatrizes mostram o quanto somos fortes
Seria eu uma pedra?
J.A...Uma pedra não; uma rocha sim!
Esta se desenvolve segundo o tempo e o vento.

J.A...A rocha se desmorona, mas se recompõe diante do tempo, e das mudanças climática do seu meio. Assim somos nós.
S.F...Capazes de nos recompormos, após cada vendaval, após cada tempestade, das quais somos acometidos vez por outra. Basta que os ventos bons voltem, e nos soprem...

S.F...Por vezes perguntamos: a onde moram os bons ventos?

J.A...Os bons ventos estão nos lugares onde a vida nos diz sim, todos os dias; estão onde o sol nasce brilhante todas as manhãs;

S.F...Como também estão onde o sol adormece e diz até logo; prometendo voltar sempre, para que as nossas esperanças sejam alimentadas a cada entardecer, a cada amanhecer, dia após dia.

S.F...Tão belas e sábias são as tuas palavras, que adentram na minha’lma como flecha de luz, iluminando-me, aquecendo-me e fortalecendo-me como se fosse 'a primeira vez', 'outra vez' ou 'mais uma vez'.


(J.A e SILMARA FEITOSA)

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

PERNAMBUCANO ARRETADO: GERALDO AZEVEDO

Geraldo Azevedo (Geraldo Azevedo de Amorim). Compositor, cantor, violonista. Nascido em Petrolina PE, no dia 11/1/1945.
Músico autodidata, aos 12 anos já tocava violão, aos 17 entrou para o grupo Sambossa e aos 18 mudou-se para o Recife PE, onde fez shows com o Grupo Construção, do qual faziam parte Naná Vasconcelos, Teca Calazans, Paulo Guimarães e também Marcelo Melo e Toinho Alves, do Quinteto Violado.

Em 1967 transferiu-se para o Rio de Janeiro RJ e, depois de trabalhar com Eliana Pittman, juntou-se a Naná Vasconcelos, Nelson Ângelo e Franklin, formando o Quarteto Livre, grupo que acompanhou Geraldo Vandré em seus shows até dissolver-se em razão de problemas políticos com o governo militar.
Sua primeira composição gravada foi Aquela Rosa, lançada em 1968 por Eliana Pittman. Em 1970 formou com Alceu Valença uma dupla que participou do Festival Universitário da TV Tupi com as canções 78 Rotações e Planetário, e gravou o LP Alceu Valença & Geraldo Azevedo (Copacabana, 1972), depois relançado em CD (Movieplay, 1993).

Misturando harmonias sofisticadas da bossa nova com ritmos da música negra, alcançou seus maiores sucessos com Papagaio do futuro (com Alceu Valença), Caravana (da novela Gabriela), Juritis e borboletas (da novela Saramandaia), Arraial dos tucanos (da série Sítio do Picapau Amarelo, todas da TV Globo), além de Barcarola do São Francisco (com Carlos Fernando) e Canta coração, gravada por Elba Ramalho. Em 1994, a Polygram lançou a coletânea Minha história.

Até 1996 gravou 13 discos-solo e participou de projetos coletivos como Asas da América I (1979) e II (1980), da gravadora Ariola, Cantoria I (1984) e II (1988), da Kuarup, O grande encontro (1996) e O grande encontro II (1997), da BMG.
CDs: Bossa tropical, 1997, BMG 7472151585-2; De outra maneira, 1997, BMG 7422150109-2; O grande encontro II (com Zé Ramalho e Elba Ramalho), 1997, BMG 7432152840-2.

Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira - Art  Editora/Publifolha. Edição Eletrônica.