terça-feira, 22 de abril de 2014

PERNAMBUCANA ARRETADA: PATRÍCIA FRANÇA


Patrícia França Monteiro de Oliveira, mas conhecida como Patrícia França nasceu em Recife no dia 28 de setembro de 1971, é uma atriz brasileira.
Começou sua carreira no teatro ainda criança e ganhou prêmios, entre eles pela peça A Ver Estrelas. Seu primeiro trabalho de repercussão nacional foi na minissérie Tereza Batista, produzida pela Rede Globo. Na Rede Globo, ganhou destaque nas novelas Sonho MeuSuave Veneno (sendo capa da trilha sonora nacional) e A Padroeira, além de uma participação especial em Chocolate com Pimenta.
Interpretou papéis principais, como em Prova de Amor, produzida pela Rede Record, onde viveu a Policial Diana Alba, uma personagem de temperamento forte, decidida a ser policial tendo como motivação a morte de seus pais.
Também interpretou Rosa, em A Escrava Isaura. Rosa morria de ciúmes de Isaura (Bianca Rinaldi) que também era uma escrava, porém era branca e morava na Casa Grande.
No cinema, foi Tieta (jovem) e Imaculada, em Tieta do Agreste (1996), de Cacá Diegues e Eurídice, em Orfeu, também de Cacá Diegues (1999), fazendo par romântico com Toni Garrido.
Chegou a ser convidada por Tiago Santiago para participar da novela Os Mutantes - Caminhos do Coração, como a auxiliar dos monarcas de Agartha, Aurora. Sua personagem, que deveria deixar a trama em dois meses, nem chegou a aparecer; o motivo: Patrícia foi confirmada no papel das relações públicas Nina Fagundes, na telenovela Poder Paralelo, de Lauro César Muniz.
Foi casada com o ator Ilya São Paulo entre 1995 a 1997 e com o analista de sistemas Paulo Lins entre 1999 a 2006, sendo este o pai de sua primeira filha, Fernanda. Ela e casada desde 2008 com o empresário Wagner Pontes, com quem teve seu segundo filho Gabriel.

Fonte: Wikipédia