sábado, 31 de janeiro de 2015

NOSSA LÍNGUA... DE FORMA CORRETA: PREDICADO NOMINAL


Predicado Nominal

Apresenta as seguintes características:
a) Possui um nome (substantivo ou adjetivo) como núcleo;
b) É formado por um verbo de ligação mais o predicativo do sujeito;
c) Indica estado ou qualidade.
Por Exemplo:
Leonardo é competente.
                       Predicado Nominal

No predicado nominal, o núcleo é sempre um nome, que desempenha a função de predicativo do sujeito. O predicativo do sujeito é um termo que caracteriza o sujeito, tendo como intermediário um verbo de ligação. Os exemplos abaixo mostram como esses verbos exprimem diferentes circunstâncias relativas ao estado do sujeito, ao mesmo tempo que o ligam ao predicativo.Veja:
Ele está triste. (triste = predicativo do sujeito, está  = verbo de ligação)
A natureza é bela. (bela = predicativo do sujeito, é = verbo de ligação)
O homem parecia nervoso. (nervoso = predicativo do sujeito, parecia = verbo de ligação)
Nosso herói acabou derrotado. (derrotado = predicativo do sujeito, acabou = verbo de ligação)

Uma simples funcionária virou diretora da empresa. (diretora = predicativo do sujeito, virou = verbo de ligação)

RECEITA DO DIA: PANQUECA


INGREDIENTES:
·         2 xícaras chá de farinha do trigo;
·         2 xícaras chá de leite;
·         3 ovos;
      1 pitada de sal

       MODO DE PREPARO:
·     Bata os ingredientes no liquidificador por 2 minutos, em seguida desligue e com uma colher misture a farinha que grudou no copo do liquidificador, bata novamente só para misturar, reserve;
     Utilize uma frigideira média antiaderente para fritar panquecas, unte a frigideira com um fio de óleo ao fogo até aquecer;
    Com o auxílio de uma colher concha pegue uma porção de massa e coloque na frigideira, gire a frigideira para espalhar bem a massa;
    Abaixe o fogo e deixe dourar por baixo em seguida vire do outro lado e deixe dourar, repita o processo com toda a massa;
      Utilize o recheio e o molho de sua preferência.

Fonte: Tudo Gostoso

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

MENSAGEM DE REFLEXÃO


"Quando você, em seu caminho, encontrar amargor, não esmoreça; consuma-o para que ele logo acabe. Mas quando encontrar mel, cuidado. Beba-o com lentidão para que ele dure mais e você não venha a passar mal da barriga."

MENSAGEM DE AMOR


"Há três tipos de pessoas que têm sorte na vida: as que querem, as que perseveram e as que sabem amar de verdade"

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

PERNAMBUCANO ARRETADO: ALOÍSIO MAGALHÃES


Aloísio Barbosa Magalhães forma-se em direito pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em 1950. Nessa época, participa do Teatro do Estudante de Pernambuco (TEP), onde exerce as funções de cenógrafo e figurinista, além de ser responsável pelo teatro de bonecos. Com bolsa do governo francês, estuda museologia em Paris, entre 1951 e 1953, também frequenta o Atelier 17, um centro de divulgação de técnicas de gravura, onde é aluno do gravador Stanley William Hayter (1901-1988). Volta ao Brasil em 1953. Em 1956, com bolsa concedida pelo governo americano, viaja aos Estados Unidos, onde se dedica às artes gráficas e à programação visual. Publica, com Eugene Feldman, os livros Doorway to Portuguese e Doorway to Brasília, e leciona na Philadelphia Museum School of Art. Em 1960, volta ao Brasil e abre um escritório voltado à comunicação visual, campo no qual é um dos pioneiros no país, e realiza projetos para empresas e órgãos públicos. Em 1963, colabora na criação da Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi), onde leciona comunicação visual. Cria, em 1964, o símbolo do 4º Centenário do Rio de Janeiro, seu primeiro trabalho de grande repercussão pública e, no ano seguinte, desenha o símbolo para a Fundação Bienal de São Paulo. Desde 1966, desenvolve desenhos para notas e moedas brasileiras. Em 1979, é nomeado diretor do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e, no ano seguinte, presidente da Fundação Nacional Pró-Memória, quando inicia campanha pela preservação do patrimônio histórico brasileiro. Em sua homenagem, a Galeria Metropolitana de Arte do Recife passa a denominar-se Galeria Metropolitana de Arte Aloísio Magalhães, em 1982. Em 1997, o nome da instituição é alterado para Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (Mamam).
Seus primeiros envolvimentos com o design gráfico foi com o grupo O Gráfico Amador, que contava com expoentes da literatura brasileira, como Ariano Suassuna e João Cabral de Melo Neto. O estilo gráfico de Aloísio nesse período possui uma leveza e informalidade muito características das artes plásticas, e seu primeiro contato efetivo com o design e com o estilo internacional se deu nos Estados Unidos, ao lado de Eugenie Feldman, na The Falcon Press. Ao voltar para o Brasil, abre com outros colegas o Magalhães + Noronha + Pontual, seu primeiro escritório (teria alguns outros, sendo o de maior sucesso o PVDI Programação Visual e Desenho Industrial). Na área do ensino, ministrou com Alexandre Wollner um curso de Tipografia no MAM-RJ, e a seguir seria convidado com o mesmo e outros designers a fundar a primeira escola de desenho industrial do Brasil, a Escola Superior de Desenho Industrial, Esdi, onde ministrou aulas. E é do seu aniversário de 15 anos da escola que saiu talvez seu mais famoso texto, O que o desenho industrial pode fazer pelo país, em 1977. Faleceu em 1982, após ser diretor do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) e estar à frente das principais ideias relacionadas à catalogação e preservação da cultura popular brasileira (podemos dizer em pé de igualdade com Lina Bo Bardi). Embora meu desejo fosse continuar aqui falando um pouco mais sobre a pessoa e pensamento de Aloísio Magalhães, talvez seja mais interessante verificar o que o autor efetivamente projetou para entendermos a escala de importância do mesmo na nossa história. Dentre as centenas de projetos em que se envolveu, escolhemos apenas 5 para comentar, por se tratarem de trabalhos de uma originalidade tremenda, e qualidade gráfica tal que os tornam atuais até hoje, e em sua maioria ainda em uso (mesmo que com alterações).
Destacamos para análise os projetos ao 4º Centenário do Rio de Janeiro (1964), Unibanco (1965), Light (1966), Petrobrás (1970), e seu desenho para a nova cédula do Cruzeiro Novo (1966). Um projeto público de sucesso é aquele que é absorvido pela população, que faz parte da vida das pessoas e as tornam orgulhosas de alguma situação. E o primeiro projeto que me vem à cabeça ao pensar nessas características foi o do 4º Centenário do Rio de Janeiro. De uma simplicidade formal impar, o projeto constitui-se de 2 momentos de leitura: o primeiro forma-se pelo espelhamento vertical e horizontal do numeral 4, formando algo próximo a uma cruz, fazendo ligação, assim, com a Cruz de Malta (legado português das grandes navegações). Dentro das leis da gestalt, temos o fechamento, quando a forma pode ser lida na ausência da mesma, em sua contra-forma. Se observarmos o espaço negativo formado entre os triângulos desse símbolo, encontramos um grande 4, sendo esse o 5º quatro do logo. À época, após a divulgação do concurso que elegeu tal marca gráfica como vencedora muitos reclamaram de tratar-se de um logotipo hermético e fechado, que ninguém entenderia.

No entanto, a recepção por parte da população foi de tal ordem bem-sucedida que o logo se tornou, de maneira completamente autêntica, pipas, maiôs, fantasia de escola de samba, desenhos comemorativos em paredes e ruas (como acontece em época de Copa do Mundo), tatuagens etc. Foi de tal maneira absorvido pela cultura popular, daquele jeito que qualquer um de nós gostaria de ter um projeto, que não consigo lembrar projeto de maior sucesso que esse. Formalmente, há nessa marca gráfica um ponto que será muito característico de Aloísio Magalhães, que é a simetria radial. Simetria essa que encontramos também no logotipo do antigo Banco Moreira Sales, depois Unibanco. A simetria radial de tal símbolo possui um senso de infinito e rotação que se repetirá em diversos trabalhos do designer, como do Banco Nacional, Editora Delta, ou o próprio Quadricentenário. A complexidade de formas e curvas que deu ao logo do Unibanco me lembra de quando entrevistei João de Souza Leite sobre o Aloísio, em Maio desse ano, que me disse que o grande diferencial de Aloísio em relação aos demais designers de sua época (em especial aqueles do movimento concreto do design, como Wollner) é que Aloísio Magalhães solucionava seus projetos no traço, e os aspectos geométricos eram a viabilização visual e técnica da solução encontrada via traço, desenho. Digo que tal complexidade me lembrou essa conversa porque é bastante improvável que tal símbolo tivesse sido concebido dessa maneira, não fosse tal característica do designer. Na questão de adequação entre manipulação formal e respeito à memória de uma instituição o logo para a companhia de luz do Rio de Janeiro, a Light, é um exemplo bastante interessante.
Em entrevista com Joaquim Redig, este comentando sobre a importância da tradição de uma identidade em sua reformulação, elencou tal projeto como notável nesse quesito. Antes de seu redesenho a Light contava com um pequeno raio como logotipo. No projeto, Aloísio soube com maestria manter tal elemento, já conhecido da população do estado do Rio, e trazê-lo à linguagem digna de seu tempo. Mantendo a mesma linguagem de espelhamento, usou da letra L para, ao rebatê-lo verticalmente e criar a silhueta de um novo raio. Inclinando o desenho, forneceu dinâmica à peça, criando certamente um dos melhores logos que o Brasil já viu. Conseguiu manter o signo já tradicional à empresa, aliando-o à inicial da mesma, que gerou um resultado excepcionalmente pregnante e limpo, moderno e singelo. O projeto atualmente foi levemente redesenhado, afinando as pontas superiores e inferiores de ambos Ls, sem, entretanto perder o conceito original criado por Aloísio. Igualmente icônico na história do design é a identidade visual da Petrobrás, certamente uma das maiores e mais complexas de sua época. Anterior ao redesenho de Aloísio e seu escritório, o logotipo da Petrobrás se constituía de um losango amarelo com o nome da empresa dentro. Numa tentativa de remeter ao Brasil, o losango foi um elemento apropriado da bandeira nacional e utilizado como principal item dessa brasilidade.
Redig me contou que, a fim de verificar que realmente tal losango remetia ao Brasil e se era um signo efetivo a tal fim, fez-se um levantamento das empresas que utilizavam um losango em seu logotipo. E, isso é muito interessante, Redig diz que o grande elemento de pesquisa gráfica da época (início da década de 1970) era a lista telefônica, vejam só! E, folheando a revista, verificaram que as mais variadas empresas dos mais variados ramos com as mais variadas intenções faziam uso do losango como elemento principal. Gillete, Goodyear e Kibon são algumas das citadas por Redig. Concluiu-se então que o elemento losangular não era suficiente a identificar o país em um logotipo e partiu-se pela busca de novas alternativas. Optou-se então por abandonar uma linguagem formal para referir-se ao país e assumiu-se a linguagem cromática e a linguagem verbal para identificá-la: BR encontra-se tanto em Brasil quanto em Petrobrás, é a sigla comumente usada para identificar o país de maneira abreviada etc. E o projeto vingou, mas vingou de tal maneira que, quando em 2000 tentou-se uma reformulação de identidade visual e naming da empresa, que passaria a chamar-se Petrobras, a notícia chocou o Brasil inteiro, que reagiu, tal tentativa de mudança não durou mais que dois dias, retornando, assim, ao seu antigo e original nome. A marca gráfica de Aloísio foi retomada, e posteriormente atualizada pelo próprio PVDI, mas já posterior a sua morte. Quando comentando o episódio da Petrobras, Redig chama à atenção da necessidade do respeito e avaliação histórica do peso de uma marca ao tentar-se reformulá-la, assim como feito por Aloísio Magalhães para a Light. E, finalizando as analises de trabalhos, tocando novamente no tema da história, temos o projeto do Cruzeiro Novo. Também em concurso, o projeto de Aloísio foi selecionado, e rendeu (e ainda rende na verdade) elogios enormes pela sua inovação. Conversando certa vez com uma amiga, ela me chamou à atenção a quantidade de características simbólicas que um simples papel-moeda deve carregar: não pode de maneira alguma transmitir insegurança, deve conter elementos que identifiquem sua nação, deve estar dentro entretanto de uma tipologia tal que ainda o identifique como dinheiro, entre muitas outras.
A inovação de Aloísio para o Cruzeiro Novo se deu não só semanticamente, mas talvez acima de tudo, funcionalmente. A história é muito bem contada no livro A Herança do Olhar, organizado por João de Souza Leite. Resumindo, Aloísio fez uso de um efeito chamado moiré, que se trata do desalinhamento reticular, para, assim, gerar um efeito óptico de difícil reprodução. Com tal cartada, Aloísio vence o concurso e ainda inova numa área praticamente milenar, que é a da produção de papel moeda. Participou de segundo redesenho, quando dessa vez inova funcionalmente no uso do dinheiro: percebendo o grande empecilho que é o dinheiro possuir lado de cima e debaixo, dificultando muitas vezes o reconhecimento do valor ou sua ordenação, fez com que as notas possuíssem o mesmo espelhamento que caracteriza outros de seus projetos anteriores: a partir desse momento, o papel deixa de ter lado superior ou inferior, mantendo-se o mesmo não importando a maneira como o coloca na carteira ou junto dos demais.

Fonte: Escritores de Arte

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

SALMO 136

  


1. LOUVAI ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.
2. Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade dura para sempre.
3. Louvai ao Senhor dos senhores; porque a sua benignidade dura para sempre.
4. Aquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade dura para sempre.
5. Aquele que por entendimento fez os céus; porque a sua benignidade dura para sempre.
6. Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre.
7. Aquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade dura para sempre;
8. O sol para governar de dia; porque a sua benignidade dura para sempre;
9. A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre;
10. O que feriu o Egito nos seus primogênitos; porque a sua benignidade dura para sempre;
11. E tirou a Israel do meio deles; porque a sua benignidade dura para sempre;
12. Com mão forte, e com braço estendido; porque a sua benignidade dura para sempre;
13. Aquele que dividiu o Mar Vermelho em duas partes; porque a sua benignidade dura para sempre;
14. E fez passar Israel pelo meio dele; porque a sua benignidade dura para sempre;
15. Mas derrubou a Faraó com o seu exército no Mar Vermelho; porque a sua benignidade dura para sempre.
16. Aquele que guiou o seu povo pelo deserto; porque a sua benignidade dura para sempre;
17. Aquele que feriu os grandes reis; porque a sua benignidade dura para sempre;
18. E matou reis famosos; porque a sua benignidade dura para sempre;
19. Siom, rei dos amorreus; porque a sua benignidade dura para sempre;
20. E Ogue, rei de Basã; porque a sua benignidade dura para sempre;
21. E deu a terra deles em herança; porque a sua benignidade dura para sempre;
22. E mesmo em herança a Israel, seu servo; porque a sua benignidade dura para sempre;
23. Que se lembrou da nossa baixeza; porque a sua benignidade dura para sempre;
24. E nos remiu dos nossos inimigos; porque a sua benignidade dura para sempre;
25. O que dá mantimento a toda a carne; porque a sua benignidade dura para sempre.
26. Louvai ao Deus dos céus; porque a sua benignidade dura para sempre.

HUMOR


segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

HORÓSCOPO DA SEMANA

Previsões de 25 a 31 de janeiro de 2015

Áries - Você nunca esteve tão criativo e cheio de entusiasmo, louco para pôr em pratica suas ideias como nesse período em que Urano, em trânsito em seu signo, forma um trígono com o benéfico e expansivo Júpiter. Seu entusiasmo é contagioso e significa expansão e progresso. Porém, você deve pensar em compartilhar as benesses que o céu lhe envia, devido a essas configurações astrológicas favoráveis, com seus colegas e companheiros. Se você tomar decisões intempestivas acabará metendo os pés pelas mãos e não poderá desfrutar do seu sucesso. Nos relacionamentos pessoais mantenha uma atitude serena, sem forçar as situações que ainda não estão maduras.
Touro - Os obstáculos que você vê diante de si não são realmente insuperáveis como lhe parecem. Nesse momento prefira se concentrar em atividades de grupo onde terá mais chance de obter sucesso. Portanto, mude sua abordagem costumeira e aceite a colaboração de colegas e parceiros. Você precisa fortalecer a sua autoconfiança e não deve se deixar desmoralizar diante de eventuais fracassos. Todos têm seus altos e baixos na vida. Se tiver um pouco mais de maleabilidade e souber se adaptar às novas circunstâncias, irá reinventar seu futuro profissional. Pense nisso.
Gêmeos - As coisas parecem estar se encaminhando positivamente para você que se sente em harmonia com seu ambiente. Aproveite para estabelecer um novo projeto para seu futuro, abrindo-se para as novas possibilidades que o céu prepara para você. Afinal, você é um geminiano, portanto é cheio de recursos e expedientes. O período é ideal para estabelecer novas amizades que lhe abrirão ótimas oportunidades de expansão profissional. Porém, procure não esgotar suas energias com as inúmeras atividades que você exerce ao longo do seu dia. Alguns momentos de meditação e relaxamento lhe farão bem.
Câncer - O canceriano colhe os frutos de seus esforços e tem possibilidade de conseguir ótimos resultados de seus investimentos. Não devem faltar oportunidades para viagens, inclusive a lazer. Você sente vontade de se libertar das velhas rotinas e de trilhar novos caminhos. Vá em frente, se esse for o desejo de seu coração, mas não deixe de agir sempre com prudência, ponderando cada sua escolha. Não assuma sozinho o ônus da carga profissional: compartilhe suas preocupações e aceite a colaboração de colegas e parceiros. Descanse sempre que puder com atividades de lazer em contato com a natureza.
Leão - O céu dessa semana é altamente favorável ao leonino, que recebe boas energias das configurações astrológicas. Você deve aproveitar para se concentrar na elaboração do seu orçamento, revendo custos e investimentos, e conseguirá o equilíbrio desejado. No ambiente profissional conseguirá ótimos resultados. Porém, deve evitar se posicionar de forma arrogante, pois não ganhará o reconhecimento dos outros e ainda poderá ganhar inimigos! Tome cuidado, pois essa faceta de seu caráter pode criar alguma dificuldade em seu caminho. Não julgue para não ser julgado. Cuide de sua saúde para não ficar estressado.
 Virgem - As incertezas do tempo vindouro podem lhe tirar o sono, pois você não gosta de caminhar sem saber para onde está indo. No entanto, nesse período nada lhe parece seguro e para ir adiante você deve confiar. As confusões em que está metido não irão se dissipar por encanto, portanto, procure compartilhar as suas preocupações e aliviara o peso das decisões. Aproveite esse momento para investir um pouco de seu tempo para recuperar o seu bem-estar: que tal passar alguns dias num SPA cuidando de seu corpo e de sua mente? Você vai precisar desse equilíbrio quando chegarem as turbulências em seu caminho.
Libra - Os astros estão favorecendo seu signo que se encontra num período de expansão. Profissionalmente você nunca esteve melhor, pois chovem propostas e oportunidades por todos os lados. Saiba fazer suas escolhas com bom senso e sabedoria. Se seu desejo interior o empurra no sentido de desbravar novos caminhos, vá adiante e ouse: o céu é o limite. Pode ocorrer uma viagem ao exterior, seja profissionalmente seja a lazer. Aproveite as experiências enriquecedoras de novas amizades e de novos relacionamentos, inclusive íntimos. Cupido poderá bater à sua porta.
Escorpião - O destino parece colocá-lo novamente diante de novos desafios e por essa razão deverá usar sua experiência e sua sabedoria para conseguir superar essas provas novas e ainda tirar proveito para se enriquecer com as novas experiências. Agora que Saturno saiu de seu signo, você respira mais aliviado, mas pode precisar rever seus investimentos já que esse planeta se desloca em sua área financeira. Mantenha seu orçamento sob controle, caso contrario, não dará conta das inúmeras despesas. Seja econômico também nos recursos pessoais para não descarregar suas energias inutilmente.
Sagitário - O sagitariano tem diante de si um período de desafios, porém também de oportunidades. Esta semana será particularmente favorável para encaminhar seus planos, pois muitas portas irão se abrir: basta bater. Seu natural otimismo e sua autoconfiança irão ajudá-lo, mas você não deve agir com demasiado ímpeto, que poderá ser mal interpretado. Muitas vezes seu jeito franco de se expressar acaba sendo confundido com arrogância. Para se livrar do estresse do dia a dia e conseguir o equilíbrio entre a mente e o corpo, pratique atividades físicas de lazer em contato com a natureza.
Capricórnio - Seus compromissos profissionais podem ser deixados de lado por alguns dias, pois sua família está precisando de você. Conflitos familiares antigos podem ressurgir e lhe tirar o sossego. Aproveite esse momento favorável para conseguir uma reconciliação. Apesar dos inúmeros desafios que o céu lhe apresenta, você nunca teve tanta firmeza e coragem para enfrentá-los! Em breve perceberá que as metas que antes considerava inalcançáveis estão cada vez mais próximas, inclusive no campo profissional. Se mudar seu jeito costumeiro de agir, abrirá novas oportunidades para você!
Aquário - Você nunca se sentiu melhor e deve aproveitar a presença de Mercúrio e Venus em seu signo para abrir o campo das amizades e dos relacionamentos. Esse momento é favorável aos acontecimentos sociais e culturais, portanto, não deve deixar de aproveitá-los. Dedique parte de seu tempo livre nessas atividades para recarregar suas pilhas e se sentir mais feliz. Agora que o Sol ingressou em seu signo você se sente mais animado para ir adiante e realizar todos aqueles planos que você elaborou para este novo ano. Se você deseja um novo relacionamento íntimo, abra os olhos: O momento é agora.
Peixes - Você precisa se concentrar mais em seus objetivos, pois Netuno em seu signo causa incertezas e desperdiço de energias. Você se sente cansado, e o sono chega a qualquer momento do dia, causando desconforto. Não se preocupe com essas sensações estranhas e cuide de sua saúde física, mental e, sobretudo, psíquica, afastando de sua mente cismas e impressões erradas utilizando terapias alternativas. Não perca de vista os seus objetivos: a realização de seus sonhos depende exclusivamente de você. Não se esqueça da proteção espiritual.

Fonte: Stum

RESUMO SEMANAL DAS NOVELAS

Segunda-feira, 26/01/2015 - René (Mário Frias) afirma a Dandara (Emanuelle Araújo) que ela tem sentimentos por Gael (Eriberto Leão). Pedro (Rafael Vitti) e Tomtom (Bianca Vedovato) decidem seguir Delma (Patrícia França) e impedem a mãe de se aproximar de Nando (Leo Jaime). Pedro e Tomtom se arrependem e pedem desculpas para Delma. René aceita um trabalho na Amazônia e Dandara fica apreensiva por causa de João (Guilherme Hamaceck). Tomtom cria um plano para ajudar Lincoln (Edmilson Barros) a trazer Mari (Maria Luiza) e Jeff (Cadu Libonatti) de volta para o Rio de Janeiro. Jade (Anaju Dorigon) está confiante sobre seu papel na peça e Lucrécia (Helena Fernandes) estranha o comportamento da filha. João apoia René sobre filmar na Amazônia. Roberta (Dani Suzuki) vai ao restaurante de Marcelo (Felipe Camargo). Heideguer (Odilon Wagner) incentiva Henrique (Michel Joelsas) a ficar com Bianca (Bruna Hamú). Heideguer mostra para Wallace uma foto de Simplício.
Terça-feira, 27/01/2015 - Wallace (Antônio Carlos) demonstra ódio de Simplício (Ademir de Souza) e Heideguer o incentiva. Tomtom sabota a comida de Roberta. Sol (Jeniffer Nascimento) beija Wallace e Barbara (Ana Rios) chega. Roberta passa mal e Marcelo a leva para casa. Barbara e Wallace conversam sobre Sol. Jade grava as cenas de beijo entre Henrique e Bianca e envia para Duca (Arthur Aguiar). Roberta se declara para Marcelo e lhe pede perdão. Duca interrompe os ensaios da peça e pede que Jade pare de lhe enviar vídeos. Edgard (Guilherme Piva) repreende Jade e pede que Duca deixe a Ribalta. Henrique conta para Bianca que gosta dela.
Quarta-feira, 28/01/2015 - Henrique garante a Bianca que está esperando por ela. Duca se desculpa com Bianca por invadir o ensaio. Os alunos da Ribalta preparam uma despedida para René, e João fica impactado. João deixa escapar para Cobra que Karina (Isabella Santoni) pode não ser filha biológica de Gael. Nando informa à Galera da Ribalta que a banda foi convidada para uma apresentação fora do Rio de Janeiro. René afirma para Gael que nunca se envolveu com Ana. René parte para a Amazônia. Nando convida Delma para viajar com a banda. Sol não aceita fazer o show para ficar perto de Bete. Cobra comenta com Lobão sobre a desconfiança da paternidade de Karina. Lobão pensa em tirar Karina de Gael.
Quinta-feira, 29/01/2015 - Lobão (Marcelo Faria) pede que Luiz (Mauricio Pitanga) consiga fios de cabelo de Gael. Nat (Maria Joana) alerta Cobra (Felipe Simas) sobre Lobão. Pedro e Nando descobrem que Sol não poderá viajar com a banda. Rute (Joise Antello) lamenta a situação de Jeff, que está com dificuldades para trazer Mari de volta. Luiz e Diego invadem a academia e Karina tenta enfrentá-los, mas os dois conseguem fugir. Cobra se arrepende de ter comentado sobre Karina com Lobão. A cantora Paula Fernandes aceita ajudar Lincoln e Tomtom a trazer Mari de volta. Sol e Bianca tentam convencer Vicki a cantar com a banda em Ouro Preto.
Sexta-feira, 30/01/2015 - Vicki (Manu Gavassi) afirma que só participará do show se Sol e Bianca beijarem João. Sol cumpre o trato e Bianca se prepara para beijar João, mas é surpreendida por Duca. Bianca finge estar encenando a peça com João e beija o companheiro de palco. Vicki se apresenta à banda como vocalista e todos comemoram. Pedro pede que Vicki não cause problemas com Karina. Tomtom decide conferir se a mensagem de Paula Fernandes é verdadeira. Pedro agradece Sol por ter falado com Vicki. Lobão visita Cobra, e Karina se incomoda. Pedro conta para Karina que Vicki viajará com a banda. João e Jade tramam contra Bianca. Pedro convida Karina para viajar com a banda. Lobão dá em cima de Dandara e Gael o enfrenta.

Segunda-feira, 26/01/2015 - Ágata (Pepita Rodrigues) deixa mais uma pista do segredo de Carlota (Giulia Gam) para Sandra (Isis Valverde). Daniele (Alice Wegmann) e Rodrigo (Brenno Leone) descobrem que Fernando (Marco Ricca) não está morando no hotel como informou. Rafael (Marco Pigossi) sugere que Sandra (Isis Valverde) revele para Claudia (Giovanna Rispoli) e Otávio (José Victor Pires) que Vitória (Bianca Bin) pode ser filha de Paulo (Caco Ciocler).
Terça-feira, 27/01/2015 - Luisa (Alexandra Richter) desconfia quando flagra Beto (Rodrigo Simas) mexendo em documentos da Vip Turismo fora da empresa. Rodrigo (Brenno Leone) convida Sandra (Isis Valverde) e Rafael (Marco Pigossi) para serem seus padrinhos de casamento. Elísio (Daniel Dantas) chega em casa com Leonor (Rita Elmor) e encontra Beatriz (Heloísa Périssé). Leonor conta para Carlota (Giulia Gam) que Vitória pode ser filha de Paulo (Caco Ciocler).
Quarta-feira, 28/01/2015 - Beto (Rodrigo Simas) impede que Ricardo (Bruno Garcia) confira as contas da empresa. Diana (Maria João) conta para Cristina (Fabiula Nascimento) que Paulo (Caco Ciocler) pode ser pai de Vitória (Bianca Bin). Rafael (Marco Pigossi) afirma que somente Sandra (Isis Valverde) pode tirar os irmãos da mansão. Luisa (Alexandra Richter) e Ricardo (Bruno Garcia) reclamam da administração de Beto na Vip Turismo para Madalena (Betty Faria). Sandra decide sair da mansão.
Quinta-feira, 29/01/2015 - Pedro (José Loreto) se enfurece e tenta convencer Sandra (Isis Valverde) a desistir de ir embora. Cristina (Fabiula Nascimento) aconselha Diana (Maria João) a engravidar de Paulo (Caco Ciocler). Beatriz (Heloísa Périssé) fica arrasada com o desprezo dos filhos. Rafael (Marco Pigossi) comemora a volta da namorada para a casa de Elísio (Daniel Dantas). Fernando (Marco Ricca) e Susana (Alessandra Negrini) se beijam. Vitória (Bianca Bin) já tem o resultado de seu teste de paternidade.
Sexta-feira, 30/01/2015 - Vitória (Bianca Bin) conta para Rafael (Marco Pigossi) que fugiu de Boston com a passagem de Paulo (Caco Ciocler). Fernando (Marco Ricca) e Susana (Alessandra Negrini) ficam juntos. Sandra (Isis Valverde) descobre quem é o pai de Vitória (Bianca Bin). Luisa (Alexandra Richter) e Ricardo (Bruno Garcia) fazem cópias das notas fiscais da Vip Turismo. Vitória revela para Beatriz (Heloísa Périssé) o resultado do teste de paternidade, e as duas discutem sobre quem contará para Elísio (Daniel Dantas).
Sábado, 31/01/2015 - Elísio (Daniel Dantas) e Vitória (Bianca Bin) têm uma conversa difícil. Carlota (Giulia Gam) e Ágata (Pepita Rodrigues) trocam acusações. Sandra (Isis valverde) insinua para Luisa (Alexandra Richter) que pode ter descoberto o segredo de Carlota (Giulia Gam). Vitória compete com Sandra (Isis Valverde) pelo amor de Otávio (José Victor Pires) e Claudia (Giovanna Rispoli). Tadeu (Fabrício Boliveira) conta para Daniele (Alice Wegmann) que Vitória voltou para o Brasil. Fernando (Marco Ricca) se preocupa com Vitória. Carlota se surpreende ao encontrar Ágata (Pepita Rodrigues) na delegacia

Segunda, 26/01/2015 - Caíque (Sergio Guizé) não acredita que Laura (Nathalia Dill) tenha publicado a matéria que questiona sua mediunidade. Azeitona (JP Rufino) se desespera com ao pode ver a Voz (Simone Gutierrez) que Samantha (Claudia Raia) ouve. Scarlett (Monica Iozzi) é obrigada a mudar de identidade. Sueli (Débora Nascimento) avisa à família que vai se casar com Marcos (Thiago Lacerda). Castilho (Marcelo Médici) conta a Caíque o que aconteceu com ele e Laura em outra vida. 
Terça, 27/01/2015 - Castilho revela que Laura pode morrer por causa de Caíque e ele decide se afastar dela. Gaby (Sophia Abrahão) revela a Bélgica (Giovanna Lancellotti) que pode sempre ter sido apaixonada por Emerson (Sérgio Malheiros). Caíque descobre que espírito usa o corpo de Afeganistão (Gabriel Godoy) para cozinhar. Laura segue o táxi de Tina (Elizabeth Savala) para descobrir o mistério da tia misteriosa. 
Quarta, 28/01/2015 - Gaby prova que Emerson não roubou o bazar e termina tudo com Gustavo. Aurélia (Ana Carbatti) diz a Suzana (Adriana Prado) que recebeu intimação policial sobre o sumiço do marido da patroa e ela diz que vai confessar que tirou a vida do ex-marido. Maria Inês (Christiane Torloni) encontra Tina no aeroporto e desconfia de homens à sua volta. 
Quinta, 29/01/2015 - Laura acha que Tina deve trabalhar em um bordel. Scarlett começa a trabalhar na casa de Manuel e é apresentada como Cida. Marcos é forçado a comprar um anel de casamento para Sueli. Samantha sugere a Caíque que se casem. 
Sexta, 30/01/2015 - Bia (Raquel Fabbri) descobre que seus pais foram assassinados. Adriana (Totia Meireles) flagra beijão de Fernando (Marat Descartes) e Itália (Sabrina Petraglia). César (Alejandro Claveaux) ganha de Ricardo (Nando Rodrigues) em duelo de natação. Laura devolve o anel que Caíque lhe deu, mas os dois se beijam. 
Sábado, 31/01/2015 - Caíque afirma a Laura que eles não podem mais ficar juntos. Marcos confessa a Maria Inês que não quer se casar com a secretária. Itália termina com Fernando. Caíque diz a Laura que gosta de outra mulher e ela se surpreende ao vê-lo beijando Samantha.

Segunda, 26/01/2015 - José Alfredo (Alexandre Nero) fica comovido ao ver o filho João Lucas (Daniel Rocha) e pede sigilo absoluto sobre sua presença. Lorraine (Dani Barros) entra na casa de Silviano (Othon Bastos) e descobre os segredos de Marta (Lília Cabral). Érika (Letícia birkheuer) enrola Robertão (Rômulo Neto) com pedido de casamento, então, o bonitão resolve ir para Paris. O Comendador garante que se casará com Isis (Marina Ruy Barbosa). Clara (Andreia Horta) toma coragem e pede Vicente (Rafael Cardoso) em casamento. 
Terça, 27/01/2015 - Marta fica desesperada ao saber que entraram na casa de Silviano e roubaram conteúdo do álbum. Lorraine conta tudo o que descobriu sobre o passado de Marta para Érika. Marta acusa Maurílio (Carmo Dalla Vecchia) de ter roubado conteúdo do álbum que estava com Silviano. Felipe (Laércio Fonseca) observa Enrico (Joaquim Lopes) e Cláudio (José Mayer) confessa para Beatriz (Suzy Rêgo) que pode perdoar o filho. Téo (Paulo Betti) recebe convite de Cláudio para jantar. Maurílio ordena seguirem Josué (Roberto Birindelli) e descobrem que ele foi para casa de Isis. José Alfredo reflete sobre os nomes em sua lista de suspeitos.
Quarta, 28/01/2015 - Josué recomenda que Zé mude de esconderijo. Cora (Marjorie Estiano) escuta Cristina (Leandra Leal) conversando com o pai. Silviano fica desconfiado de Téo e Marta marca logo um encontro com ele. Érika vai atrás de Robertão. Zé Pedro (Caio Blat) tem ciúmes de Leonardo (Klebber Toledo). Vicente se incomoda com telefonema de Clara. Reginaldo (Flávio Galvão) pensa em Cora e a megera segue Cristina até o encontro de Zé Alfredo e beija o amado. 
Quinta, 29/01/2015 - Isis e Cora brigam. Zé Alfredo recebe proposta de Cora e ela tira uma foto do amado para provar que ele está vivo. Capangas invadem apartamento de Isis e amordaçam Batista (José Negreiros) e Cora e a megera percebe que roubaram seu celular com as fotos. Maurílio recebe o celular de Cora. Cristina dança em sua formatura com Vicente. Antoninho (Roberto Bonfim) sugere que Zé se esconda no barracão da Escola. Clara vê romance de Cris e Vicente. 
Sexta, 30/01/2015 - Clara coloca Vicente contra a parede. José Alfredo e Josué ajudam nos preparativos para o carnaval da Escola. Téo descobre o nome do primeiro marido de Marta. Lorraine entrega o álbum de Silviano com o passado de Marta para a jornalista. Robertão faz sessão de fotos na França. Clara faz as pazes com Vicente. Marta vai em jantar na casa de Cláudio e vê carro de Josué. 
Sábado, 31/01/2015 - Maurílio vê Marta na casa de Cláudio. Cristina e Antoninho falam sobre o novo esconderijo do Comendador. Maurílio espiona de longe toda a movimentação na casa de Cláudio. Zé Pedro fica revoltado com a ida de Marta ao jantar promovido por Cláudio. Isis faz as pazes com a mãe. Marta pega taxi para Santa Teresa. Isis chega ao barracão da União de Santa Teresa e encontra Zé Alfredo. Marta enfrenta Antoninho. 

Fonte: GSHOW