domingo, 6 de novembro de 2016

FOME, CASA DE LONA E TRAVESSEIRO DE PEDRA! VEJA OS DRAMAS QUE SIMONE E SIMARIA ENFRENTARAM ATÉ O SUCESSO


As irmãs Simone e Simaria revelaram um drama familiar: procuram o corpo do pai, enterrado como indigente após sofrer um infarto, pois elas não tinham dinheiro para o sepultamento. Antes do sucesso, as cantoras já enfrentaram muitas situações difíceis. 

Em entrevista à rádio FM O Dia, do Rio de Janeiro, as duas contaram que, à época, não tinham condições de enterrar o pai. Porém, elas nunca desistiram de encontrar o corpo. Simone e Simaria já pediram exumação em dois cadáveres para encontrar os restos mortais dele, mas não tiveram sucesso. As irmãs ainda garantiram que não vão desistir da busca.

Durante o Programa do Porchat, elas contaram que têm os pés no chão devido às dificuldades que enfrentaram no passado. As duas nasceram em Uibaí, na Bahia, e mãe delas, Dona Mara, se mudou para São Paulo para encontrar um emprego. Porém, ela não teve condições de levar os filhos junto. Por isso, Simone e Simaria ficaram na casa de parentes na Bahia. Dona Mara enviava dinheiro para sustentá-las.

As dificuldades foram muitas enquanto moravam na Bahia. Filhas de lavrador, Simone e Simaria contaram que chegaram a morar em barraco de lona e, quando chegava a época de chuvas fortes, perdiam tudo o que tinham.

Em outra casa, elas não tinham nem banheiro e se limpavam com espiga de milho e tomavam banho de caneca. Simaria falou sobre o passado de privações.

— Nordestino passa por essas coisas. A gente não tinha banheiro. Na primeira entrevista que perguntaram meu sonho, falei que era ter um banheiro. Não pensava nem na casa, pensava em ter um banheiro.

Raimundo, tio das cantoras, contou no programa Xuxa Meneghel que elas chegaram a dormir em uma cama feita de paus e com travesseiros de pedra. Ainda durante a atração, Simaria também relembrou os momentos em que passavam fome.

— Meu pai sofreu muito para tentar dar uma vida boa para nós. A gente ia para a casa da minha tia buscar comida e era farinha e café para alimentar, porque não tinha outra coisa para comer.

A carreira profissional da dupla começou ainda na infância, quando Simaria completou nove anos e Simone, sete. As irmãs faziam shows em eventos de prefeituras de cidades na Bahia. Após quatro anos, conseguiram se mudar para São Paulo com a mãe. Foi a partir de então que Simaria começou a fazer shows em casas de forró e conheceu Frank Aguiar, de quem virou backing vocal aos 14 anos. Ao completar 12 anos, Simone também virou backing vocal de Frank Aguiar. Simaria ficou sete anos na banda e Simone, cinco. Em entrevista ao jornal Extra, elas contaram as dificuldades da época.

— A gente quis seguir carreira, só nós duas. O problema é que a gente não sabia nada e não conhecia ninguém. Chegamos a ganhar R$ 200 por mês [...] Aí fomos contratadas por outra banda.

O irmão, Caio, ainda demorou um tempo para se mudar para São Paulo com toda a família. De acordo com Dona Mara, ele ficou com um tio em Mato Grosso.

— Quem segurou a barra fui eu. Quem passou fui eu, na verdade. A distância, tudo, a gente sofreu muito em Mato Grosso. Eu deixei meu filho, Caio, com um tio para poder cuidar só delas duas. Ele ficou com o tio um bom tempo.

Demorou um bom tempo para a carreira delas decolar. Em entrevista ao Porchat, Simone contou que elas precisaram se separar, pois não conseguiam se sustentar com os R$ 200 que ganhavam.

— Nós passamos uns 13 anos morando aqui em São Paulo, depois mudei para Fortaleza para cantar sozinha em uma banda. Tivemos que nos separar. Estava muito difícil de sustentar, a gente vivia com R$ 200 para poder pagar todas as contas, não estava dando mais. Era minha mãe, meu irmão Caio, a gente, meu padrasto na época, que trabalhava, mas não ganhava... não dava mesmo para sustentar todo mundo.

A vida de Simone e Simaria começou a mudar em 2012, quando voltaram a cantar juntas e criaram a dupla. Porém, o sucesso estrondoso só veio em 2015, quando elas lançaram o primeiro DVD, intitulado Bar das Coleguinhas, gravado em novembro de 2014, com participações de nomes como Wesley Safadão, Jorge & Mateus, Bruno & Marrone, entre outros.

Os hits mais populares de Simone e Simaria são: Meu Violão e Nosso Cachorro126 Cabides e Quando o Mel é Bom.

Fonte: R7