quinta-feira, 24 de novembro de 2016

FORA DA GLOBO, THIAGO MARTINS EXIBE O DOM DA UBIQUIDADE NAS CONCORRENTES


Aos 28 anos, Thiago Martins ostenta currículo de gente grande. Já participou de 15 filmes, entre os quais “Cidade de Deus” (2002), “Xuxa Gêmeas” (2006) e “Era uma Vez” (2008). E, contratado da Globo, de uma quinzena de produções, entre as quais inúmeras novelas, como “Da Cor do Pecado” (2004), “Caminho das Índias” (2009), “Avenida Brasil” (2012) e “Babilônia” (2015).
No início de outubro deste ano, foi ao ar a sua breve participação no prólogo de “A Lei do Amor”, no papel de Tião Bezerra jovem. Nas poucas cenas em que apareceu, o personagem se aproxima de Helô (Isabelle Drummond), que está convencida que foi traída por Pedro (Chay Suede).
Encerrada esta participação, Martins foi à luta. Sem contrato fixo com a Globo, como agora ocorre com muitos outros artistas cujas imagens ficaram associadas à emissora, ele virou figurinha fácil em quase todas os concorrentes.
Lançando uma música (ele também é cantor) e promovendo um show, Martins começou a divulgação pelo SBT. Ainda em outubro, esteve no “Sabadão”, de Celso Portiolli, e dois dias depois no “Máquina da Fama”, de Patrícia Abravanel. Neste, disse que espera conhecer Silvio Santos.
Agora em novembro, o ator diversificou e mostrou o dom da ubiquidade. Neste sábado (19), em aparições previamente gravadas, mostrou o seu talento na Record (“Legendários”) e na RedeTV! (“Mega Senha”).
Com a ajuda, tudo indica, de um bom assessor de imprensa, Martins ainda tem um longo caminho pela frente em programas de auditório. E, segundo a Globo, já tem data para voltar a aparecer em novelas da emissora. Ele está escalado para atuar em “Pega Ladrão”, folhetim das 19h que vai ao ar em 2017.
Fonte: UOL TV e Famosos