segunda-feira, 3 de abril de 2017

CHICO XAVIER: CONHEÇA A HISTÓRIA DO MAIOR MÉDIUM BRASILEIRO


As mensagens de caridade e amor ao próximo deixada por Chico Xavier vão além das fronteiras do Espiritismo e inspiram pessoas de diversas religiões. Em 2017, o maior médium brasileiro completaria 107 anos de idade. 

Francisco Cândido Xavier, também conhecido como Chico Xavier, nasceu em 2 de abril de 1910. Órfão de mãe muito cedo, o pai não tinha condições de criá-lo sozinho junto com os outros nove filhos. Então, quando tinha cinco anos de idade, passou a morar com a madrinha, Dona Rita.
Mesmo com a pouca idade, Chico recordava-se dos ensinamentos religiosos de sua mãe biológica e se escondia no quintal de casa para rezar e amenizar o sofrimento pelo qual passava. Ali, o menino encontrava o consolo não só por meio de suas preces, mas também pelas vozes que escutava, inclusive a de sua mãe falecida.
Foi na escola que as primeiras manifestações psicográficas surgiram. Além de escrever poemas ditados por espíritos, ele sentia como se outras mãos controlassem as suas para que escrevesse.
Citação famosa de Chico Xavier
Chico foi um homem simples, cuja encarnação estava prevista para servir ao Cristo. Dedicou sua vida inteira a obediência à Espiritualidade e seguiu com responsabilidade os conselhos passados pelo mentor Emmanuel. E, desde então, dedicou sua vida aos necessitados e aos sofredores, pregando o amor em todo lugar em que passava. Chico é considerado o maior líder espiritual do Brasil, sendo uma das personalidades mais admiradas e aclamadas no país.
Dos seus mais de 400 livros psicografados, todos os direitos autorais foram doados para federativas espíritas e instituições assistenciais beneficentes, num verdadeiro exemplo vivo de cidadania e amor ao próximo.
Citação famosa de Chico Xavier
Aos dezessete anos de idade, em 8 de julho de 1927, na cidade de Pedro Leopoldo, Chico Xavier recebeu as primeiras páginas psicografadas, em noite de alegria e festejo espiritual. A partir daí, inúmeras outras páginas foram escritas e, até o final da sua existência terrena, trabalhou incessantemente em favor da divulgação da Doutrina dos Espíritos. Isso tendo que enfrentar todos os tipos de problemas, desde a incredulidade e a hostilidade humana até a provação das doenças que abalaram seu corpo físico como problemas nos pulmões e nos olhos.
Fonte: Alto Astral