sábado, 13 de maio de 2017

13 DE MAIO - DIA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA


O Dia de Nossa Senhora de Fátima é comemorado no dia 13 de maio.

O dia 13 de maio é consagrado a Nossa Senhora de Fátima, uma das invocações da Virgem Maria que se propagou após os relatos de aparições aos três pastorinhos portugueses na Cova da Iria, Freguesia de Fátima, em Portugal.

No ano de 1917, mesmo da Revolução Soviética, Lúcia dos Santos e os pequenos primos Francisco e Jacinta Marto disseram ter presenciado aparições da Virgem Maria no local denominado Cova da Iria. As aparições teriam ocorrido nos dias 13 dos meses de maio, junho, julho, setembro e outubro. No mês de agosto, a aparição teria ocorrido de maneira excepcional no dia 19, num local chamado Valinhos, também em Fátima.

Nessa localidade, Valinhos, as três crianças disseram ter visto por três vezes um anjo que se apresentou como Anjo da Paz, ou Anjo de Portugal.

Segundo o que disseram, por volta do meio dia, depois de terem rezado o terço, as crianças teriam visto uma luz brilhante que pensaram ser um relâmpago. Decidiram ir embora, mas, logo depois, outro clarão iluminou o espaço. Então, viram sobre uma pequena azinheira, uma senhora muito brilhante. O local onde estava a azinheira é hoje a Capelinha das Aparições, no Santuário de Fátima.

A senhora que teria aparecido às crianças, segundo elas, disse que deveriam rezar muito e que precisavam aprender a ler. Foram convidadas a voltar ao mesmo local no dia 13 dos meses seguintes, sempre no mesmo horário.

Assim aconteceu. Somente no mês de agosto a aparição ocorreu no dia 19, porque as crianças tinham sido presas e levadas para Vila Nova de Ourém no dia anterior ao determinado para a aparição.

No dia 13 de outubro, com cerca de 50 mil pessoas presentes na Cova da Iria, Nossa Senhora teria dito aos meninos ser a Senhora do Rosário e pedido que construíssem ali uma capela em sua honra.

Grande parte das pessoas que acompanhavam os meninos afirmou terem visto o milagre do sol, prometido às crianças nas aparições de julho e setembro. De acordo com os testemunhos, o sol se transformou num disco de prata fosca, que era visto sem dificuldade e girava em torno de si mesmo, como uma roda de fogo, parecendo depois se precipitar sobre a terra.

O fenômeno foi observado até mesmo por pessoas que estavam distantes da Cova da Iria e o relato foi publicado na imprensa por jornalistas que também o testemunharam.

Anos mais tarde, os primos de Lúcia faleceram e ela se tornou religiosa. Segundo contou, Nossa Senhora teria surgido novamente na Espanha, em 10 de dezembro de 1925 e em 15 de fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, além de, no dia 13 de junho de 1929, ter surgido novamente no Convento de Tuy, pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados, quando se deveria rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar e receber a Eucaristia em reparação aos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria.

Os fiéis também deveriam pedir a consagração da Rússia ao seu Coração Imaculado.

Depois de retornar à clausura monástica do Carmelo de Coimbra, como religiosa carmelita descalça, Lúcia ainda disse ter recebido outras revelações por parte da Virgem.

Em suas Memórias, a Irmã Lúcia relembra que, entre abril e outubro de 1916, ela e seus primos receberam a aparição do anjo por três vezes, preparando as crianças para a vinda de Nossa Senhora no ano seguinte. O Anjo de Portugal teria ensinado duas orações, conhecidas como Orações do Anjo, que tiveram apelo popular e que hoje ainda são utilizadas na adoração da Sacristia.

Atendendo aos pedidos da Virgem Maria, em 1919 foi erguida uma capela na Cova da Iria, conhecida hoje como a Capelinha das Aparições, exatamente no local onde as crianças disseram ter visto a santa.

Em 1928 começou a construção de um templo de maiores dimensões próximo à capela, que ficou pronto em 1953 e, em 1954, o templo recebeu o título de Basílica Menor pelo Papa Pio XII, conhecida hoje como Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Com o tempo novos edifícios e monumentos foram construídos em torno da basílica e da capela, criando um completo que recebeu o nome de Santuário de Fátima, hoje visitado por milhões de romeiros durante o ano todo e, principalmente, no dia 13 de maio, quando se comemora a primeira aparição da Virgem.

ORAÇÃO - Santíssima virgem que nos montes de Fátima Vos dignastes a revelar a três humildes pastorinhos os tesouros de graças contidas na prática do vosso Rosário, incuti profundamente em nossa alma o apreço, em que devemos ter esta devoção, para Vos tão querida, a fim de que, meditando os mistérios da nossa Redenção que nela se comemora, nos aproveitemos de seus preciosos frutos e alcancemos a graça, que Vos pedimos nesta oração, se for para maior glória de Deus, honra vossa e proveito de nossas almas. Assim seja.

Fonte: Calendário.br